Levada do Rei / Ribeiro Bonito

A nice 10km walk with fascinating colours and nature

Grutas do Paúl

A great set of amazing caves carved into the stone.

Boca das Voltas

Boca das Voltas is a secret viewpoint offering a great scenary. It is ideal to those who enjoy a nice walk in the middle of the forest.

Cais de São Jorge

An historic pier that was once the gate to the north of the island. A beautiful panoramic view at the tip of the pier.

Garganta Funda - Ponta do Pargo

A huge 140m waterfall in the middle of Ponta do Pargo's fields.

Arte de Portas Abertas - Old Town

A simple, old street that was transformed into an art galery. Look closely at each door. Discover its secrets!

Miradouro do Juncal

This viewpoint is located near Pico Arieiro and offers stunning views.

The Cliffs

Lets go for a walk along cliffs that reach from 250m to 500m altitude. The trail will present you with beautiful landscapes and interesting geological phenomena.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Ribeira dos Cedros

RIBEIRA DOS CEDROS
N 32º46.113 / W 017º07.563

PT: 
Ribeira dos Cedros é a nascente da Levada das 25 fontes. Para cá chegar basta seguir a levada devidamente sinalizada.
Apesar de não ter a beleza da sua vizinha Ribeira da Água Negra, estes 500m que as separam são geralmente feitos sem que se encontrem visitantes. 

É aqui também que começa o Canyon da Ribeira dos Cedros. Um dos percursos de canyoning mais acessíveis deste vale e que conduz o praticante até a Levada da Rocha Vermelha ou até mesmo à Ribeira da Janela. A sua maior cascata tem apenas 25m. 

No local poderão ser observados fenomenos geologicos interessantes e os mais aventureiros poderão subir alguns patamares e explorar um pouco mais ou até subir sempre até ao Paul da Serra chegando ao PR13 Vereda do Fanal. 


EN: 
Ribeira dos Cedros is the source of the 25 Fountains Levada. To get here just follow the 25 Fontes trail properly signposted. 
Despite not having the beauty of its neighboring Ribeira da Água Negra, these 500m separating them are usually made without encountering any more visitors.

It is also here where the Canyon da Ribeira dos Cedros begins. One of the most accessible canyoning routes in this valley that leads the practitioner to the Levada da Rocha Vermelha or even to the Ribeira da Janela. Its biggest waterfall is only 25m high.

Onsite you can observe interesting geological phenomena and the more adventurous can climb some levels and explore some more or even climb all the way to Paúl da Serra reaching the PR13 Vereda do Fanal.




Quinta Vigia

QUINTA VIGIA
N 32º38.725 / W 016º54.954



PT:
A Quinta Vigia, localizada na cidade do Funchal, é a residência oficial do Presidente do Governo da Região Autónoma da Madeira. O nome original desta quinta era Quinta das Angústias, em virtude de possuir uma capela datada do século XVII que invocava Nossa Senhora das Angústias. A quinta foi renomeada "Quinta Vigia" em 1982, depois de já ter desaparecido a Quinta Vigia original, situada nas proximidades e em cujo terreno se construiu o actual Hotel Pestana Casino Park. 
Por esta quinta passaram várias personalidades ilustres, entre as quais se encontram Maximiliano, duque de Leuchtenberg (genro do czar Nicolau I), que ali se instalou em 1849 numa tentativa de tratar a sua doença. A 28 de Agosto de 1852 a imperatriz Amélia, viúva de Pedro IV, tomou residência na quinta procurando a cura da tuberculose da sua filha, a princesa Maria Amélia (na época era atribuídas propriedades curativas aos ares da Madeira). O esforço de D. Amélia revelou-se em vão, pois a jovem princesa viria a falecer em Fevereiro de 1853.Pouco tempo depois o Conde Alexandre Carlos Lambert, antigo ajudante de campo da imperatriz da Rússia, adquiriu a quinta, tendo alterado o nome desta para Quinta Lambert. A quinta regressou ao seu antigo nome de Quinta das Angústias quando foi adquirida pelo madeirense João Paulo de Freitas em 1903.
Em 1979, quando o regime autonómico já tinha sido implantado na Madeira, a quinta foi comprada pelo Governo Regional. Durante algum tempo as suas instalações foram usadas para abrigar o Conservatório de Música da Madeira, até que este foi transferido para o antigo Hotel Nova Avenida em 1981. Depois de obras nos seus jardins, na capela e no palácio, a quinta foi inaugurada como residência oficial do Presidente do Governo a 2 de Maio de 1984. Os jardins da quinta encontram-se abertos ao público, sendo principalmente visitados por turistas. A quinta proporciona igualmente uma bela perspectiva sobre a baía do Funchal.


A entrada na Quinta custa 1€ e está aberta de Segunda-Feira a Sexta-Feira das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:30.

 

EN:
Quinta Vigia, located in Funchal, is the official residence of the President of the Autonomous Region of Madeira. The original name of this estate was Quinta das Angústias, by virtue of having a chapel dating from the seventeenth century which invoked Our Lady of Anguish. The estate was renamed "Quinta Vigia" in 1982, already after the disappearance of the original building, located in the vicinity and in whose land they built the current Pestana Casino Park.
Several distinguished personalities spent some time in this estate, among which are Maximilian, Duke of Leuchtenberg (Tsar Nicholas I's son in law), which were installed in 1849 in an attempt to treat their disease. In August 28, 1852 Empress Amelia, Pedro IV's widow, took up residence on the estate looking for the cure of tuberculosis of his daughter, Princess Maria Amelia (at the time healing properties were attributed to the air in Madeira). The effort of Amelia proved to be in vain, for the young princess would die in February 1853.
Shortly after the Count Alexandre Charles Lambert, a former aide of the empress of Russia, acquired the farm, and changed the name to Quinta Lambert. The estate returned to its former name, Quinta das Angústias, when it was acquired by the madeiran João Paulo de Freitas in 1903.
In 1979, when the autonomic regime had already been introduced in Madeira, the estate was bought by the Regional Government. For a while its facilities were used to house the Music Conservatory of Madeira, until it was moved to the former New Avenue Hotel in 1981. After works in their gardens,  in the chapel and in the palace, the estate was opened as an official residence of the President of the Government on 2 May 1984. The estate's gardens are open to the public and are mainly visited by tourists. The estate also offers a beautiful view over the bay of Funchal.

The entrance is 1€ and is available from Monday to Friday from 9:00 to 12:00 and from 14:00 to 17:30

 

Levada do Norte



PT: 
Levada do Norte é uma das mais emblemáticas da Ilha da Madeira. A Levada do Norte é uma levada de significativas dimensões e caudal, construída com o objectivo de transportar água para rega, desde o Seixal e São Vicente no norte, até ao sul, nomeadamente até aos concelhos da Ribeira Brava e de Câmara de Lobos. Com uma extensão de cerca de 60 km, dividida em três troços, a importância da Levada do Norte foi, logo aquando da sua inauguração, reconhecida como obra estruturante para o desenvolvimento da Madeira. 


A Levada do Norte começou a ser construída em 1947. Contudo, foi apenas 5 anos depois, em 1 de junho de 1952, que a água correu pela primeira vez, transportando para o sul as águas captadas nas Fontes da Hortelã (Seixal) e São Vicente, no norte. Os mais altos dignitários do Estado Português deslocaram-se à Madeira para consagrar a abertura da Levada. Centenas de cidadãos apadrinharam os primeiros passos da água na Levada do Norte, percorrendo-a desde a Ribeira Brava até Câmara de Lobos, onde decorreu uma missa campal. Até então, e como comprovam relatos arrebatados da época, a Levada do Norte corporizava a mais complexa e morosa obra humana alguma vez realizada na Madeira.

Levada do Norte também é muito importante, não só como recurso hídrico mas também para a produção de energia alimentando as centrais hidroeléctricas da Serra d'Água e dos Socorridos.


EN: 
Levada do Norte (Levada from the north) is one of the most emblematic of the island of MadeiraLevada do Norte is a levada with significant dimensions and flow, built in order to transport water for irrigation from Seixaland São Vicente in the north to the south, particularly to the municipalities of Ribeira Brava and Câmara de Lobos.
With a length of about 60 km, divided into three sections, the importance of Levada do Norte was, shortly upon its opening, known as a structuring project for the development of Madeira.

Levada do Norte started being built in 1947. However, it was only five years later, on June 1, 1952, that the water flowed first, carrying the waters to the south captured in Fontes da Hortelã (Seixal) and São Vicente in the north. The highest dignitaries of the Portuguese State traveled to Madeira to consecrate the opening of the l. Hundreds of citizens patronized the first steps of the water in Levada do Norte, covering it from Ribeira Bravato Câmara de Lobos, where an outdoor mass was held. Until then, and as evidenced by reports at the time,Levada do Norte embodied the most complex and time-consuming human work ever held in Madeira.

Levada do Norte is also very important, not only as a water resource but also for the production of energy feeding the hydroelectric plants of Serra d'Água and Socorridos.



segunda-feira, 29 de maio de 2017

Levada do Pico dos Iroses ou de Gaula


Levada do Pico dos Iroses ou de Gaula 
Lagoa das Àguas Mansas - Ribeira dos Vinháticos ou da Boaventura 



PT:


Este percurso tem o seu início junto à Lagoa das Águas Mansas.
Esta Lagoa é abastecida pela Levada do Picos dos Iroses (Séc. XV) que por sua vez tem como fontes de captação a Ribeira dos Vinháticos, a Ribeira da Serra de Água e as nascentes do Cabeço dos Ladrões e Cabeço da Pedreira.
A Lagoa das Águas Mansas é uma das cinco grandes reservatórios de água da Madeira:
  • Lagoa de Aguas Mansas (214,000m3)
  • Portela (100,000 m3)
  • Santo Serra (800,000 m3)
  • Ponta Pargo (100,000 m3)
  • Paul da Serra (500,000 m3)


Caso tenhas um veículo 4x4 poderás iniciar este percurso junto à Lagoa das Águas Mansas.
Irás percorrer os últimos Kms da Levada do Pico dos Iroses até chegares à sua madre.
Pouco acima da madre encontrarás uma pequena cascata e lagoa.





EN:


This route begins at the Lagoa das Águas Mansas.
This Water reservoir is supplied by the Levada do Pico dos Iroses (15th century), which in turn has captures its waters from the Ribeira dos Vinháticos, Ribeira da Serra de Água and the sources of Cabeço dos Ladrões and Cabeço da Pedreira.

Lagoa das Águas Mansas is one of the five large water reservoirs in Madeira:
  • Lagoa de Aguas Mansas (214,000m3)
  • Portela (100,000 m3)
  • Santo Serra (800,000 m3)
  • Ponta Pargo (100,000 m3)
  • Paul da Serra (500,000 m3)

If you have a 4WD vehicle you can start this route next to the Lagoa das Águas Mansas.
You will go through the last kilometers of Levada do Pico dos Iroses until you reach its source.
Just above the source you will find a small waterfall and a pond.




GPS:


Powered by Wikiloc



quinta-feira, 25 de maio de 2017

Aguagem - Ribeira do Jardim

Aguagem - Ribeira do Jardim 



PT: 
Esta percurso irá te convidar a conhecer parte do curso de água da Ribeira do Jardim junto à Levada do Norte.
Este percurso começa com alguns metros ao longo da Levada do Norte. Ao chegarmos à Ribeira do Jardim, abandonamos a Levada do Norte e iniciamos a nossa subida ao longo do leito da ribeira. A dificuldade do acesso irá depender do caudal da ribeira. 
No fim do percurso poderás ver a Cascata da Aguagem (48m). 
Durante os meses da primavera poderás também ter a oportunidade de apreciar as cerejeiras em flor.
Existem outras formas de chegar até este local.



EN: 
This course will invite you to get to know part of the water course of Ribeira do Jardim next to Levada do Norte.
This course begins with a few meters along the Levada do Norte. When we reached Ribeira do Jardim, we leave Levada do Norte and start our ascent along the river bed. The difficulty of access will depend on the flow of the stream.
At the end you will see the Aguagem Waterfall (48m).
During the spring months you will also have the opportunity to enjoy the cherry blossoms.
There are other ways to get to this location. 



GPS: 

Powered by Wikiloc

quarta-feira, 29 de março de 2017

Boca dos Namorados

BOCA DOS NAMORADOS



PT:
A Boca dos Namorados, constitui juntamente com a Boca da Corrida, a Quinta do Jardim da Serra, o Pico da Torre e o Cabo Girão uma das mais importantes referências turísticas do concelho de Câmara de Lobos, isto naturalmente sem contar com a Eira do Serrado que apesar de não fazer parte do concelho deve a sua importância à soberba paisagem da freguesia do Curral das Freiras, que a partir dele se desfruta. 
Ainda que hoje relegado ao abandono, a Boca dos Namorados viveu anos áureos e chegou a constituir mesmo um ponto de visita obrigatória de estrangeiros. Todos os dias chegavam ao Estreito turistas que iam admirar as cordilheiras das mais altas e grandiosas montanhas, seguindo e voltando de rede da igreja para cima. 
A Boca dos Namorados foi durante muitos anos ponto de passagem para aqueles que queriam se deslocar até ao Curral das Freiras, devido ao percurso pedestre que liga estes dois pontos. 
Numa época em que os automóveis ainda não chegavam ao Curral das Freiras, juntavam-se na Boca dos Namorados pessoas de todo o concelho esperando pelos romeiros que se deslocavam até às festas do Curral das Freiras. Ali reuniam-se e junto a improvisadas barracas com comes e bebes, festejavam e cantavam.

Origem
Segundo o poeta câmara-lobense Joaquim Pestana a origem do epíteto Namorados é de poucos conhecida. Diz a tradição que para ali viera um sujeito, por nome Pêro, que se enamorara duma linda menina chamada Ignez. Como Pêro não lhe pudesse falar a cada momento, em razão de viver separada por aquele abismo, fazia, qual outro Leandro, acordar aqueles vales com o doce nome de - Ignez! que sempre lhe era correspondido com o nome de - Pêro!

Aproveita a tua visita a este belo lugar e revela aos montes e vales o nome da pessoa amada. 
Com certeza que a magia deste sítio irá servir para juntar muitos corações.



EN:
Boca dos Namorados (Valentine's Viewpoint), is together with the Boca da Corrida, the Quinta Jardim da Serra, Pico da Torre and Cabo Girão one of the most important tourist landmarks of the municipality of Câmara de Lobos, this of course not to mention Eira do Serrado that although not part of the county owes its importance to the beautiful landscape of Curral das Freiras (The Nun's Valley), which you can enjoy from it.
Although now relegated to the abandonment, Boca dos Namorados lived heydays and was once a mandatory point of visit for the tourists. Every day tourists would arrive to Estreito de Câmara de Lobos and would admire the Cordilleras of the tallest and grandest mountains, going and returning on foot or being transported in a net carried by two men.
Boca dos Namorados was for many years a crossing point for those who wanted to move down to Nun's Valley, due to the pedestrian path that connects these two points.
At a time when cars had not yet reached the Nun's Valley, people from all over the county joined in Boca dos Namorados waiting for the pilgrims who returned from the feasts in Nun's Valley. There they would gather next to improvised stands with food and drink, feasting and singing.

Origin
According to the local poet Joaquim Pestana the origin of the epithet "Valentine" is little-known. Tradition has it that it was there that a man named Pêro fell in love with a beautiful girl named Ignez. As Pêro could not talk to her whenever he wished, due to the abyss that existed between them, he would wake up those valleys shouting the sweet name of:
- Ignez!
And from the other side, far far away... he would be answered:
- Pêro! 

Enjoy your visit to this beautiful place and reveal to the hills and valleys the name of your loved one.
Surely the magic of this site will serve to bring together many hearts.

    
  
  

GPS:

Powered by Wikiloc

segunda-feira, 27 de março de 2017

Levadas de Santa Cruz

LEVADAS DE SANTA CRUZ



PT: 
Percurso circular que combina três levadas e alguns trilhos de ligação.
Começamos pela Levada Nova do Moinho da Serra.
A levada é opcional visto que é ladeada por uma estrada.
Acompanhamos a levada até a sua madre situada junto à Ponte de Roma.
Aqui temos a opção de seguir o leito da Ribeira de Santa Cruz. O percurso implica atravessar o curso de àgua algumas vezes, improvisar trilhos e passar por pedras escorregadias. No final somos compensados com a bonita Cascata da Madre D'Água.
Voltamos à Ponte de Roma e iniciámos a subida até a Levada dos Tornos.
Acompanhamos esta importante e longa levada até o seu final.
Voltamos um pouco atrás e descemos pela sinalizada e íngreme Vereda do Alvoredo.
Pouco tempo depois estaremos de novo na Ribeira de Santa Cruz e desta vez temos uma pequena ponte de madeira que nos ajuda na travessia. Alguns degraus depois e já estamos na Levada Nova de Santa Cruz. Viramos à esquerda para visitar a sua madre.
Ir à madre e não visitar as cascatas é como ir a Roma e não ver o Papa. Atravesse o curso de àgua e siga em frente de pedra em pedra. Poucos metros depois irá ver a Ribeira de Santa Cruz e a sua cascata de dois ressaltos, ladeada de colunas prismáticas. Linda e única.
Ali mesmo ao lado a Ribeira Primeira une-se à Ribeira de Santa Cruz e podemos ver também outra cascata. Subindo um pouco até a base dessa cascata podemos ver um afluente com outa cascata.
Finalizamos o passeio, regressando pela Levada Nova, descendo de seguida por uma estrada de cimento até ao ponto inicial.



EN:
Circular path that combines three levadas and some connecting trails.
It starts at Levada Nova do Moinho da Serra.
The levada is optional since it is flanked by a road. 
Follow the levada to its source located next to the Ponte de Roma, an old stone bridge.
Here there is the option to follow the Ribeira de Santa Cruz bed. The route involves crossing the water course a few times, improvising trails and going through slippery rocks. In the end we are compensated with the beautiful Madre D'Água Waterfall.
Return to Ponte de Roma and start the climb up to Levada dos Tornos.
Follow this important and long levada till its end.
Then go back a few meters and descended by the signaled and steep Vereda do Alvoredo. 
We will soon be in Ribeira de Santa Cruz again and this time we have a small wooden bridge that helps us to cross it. A few steps later and we are already in the Levada Nova de Santa Cruz. We turned left to visit its source.
Going to the source of the levada and not visiting the waterfalls is like going to Rome and not seeing the Pope. Improvise and cross the water course and go ahead from stone to stone. A few meters later you will see the Ribeira de Santa Cruz and its waterfall with two junps flanked with prismatic columns. Beautiful and unique.
Right beside the aforementioned waterfall, Ribeira Primeira joins with Ribeira de Santa Cruz and we can see another waterfall. Climbing a little to the base of this waterfall we can see a tributary with a smaller waterfall.
We finish the tour, returning by Levada Nova, then going down a cement road to the starting point.

 

GPS:

Powered by Wikiloc

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Videos